Busca

Café com Tantra

Portal Web

Tag

sexo

Do Sexo ao Samadhi

É um longo caminho do sexo ao samadhi. Samadhi é a última meta; sexo é apenas o primeiro passo. E eu quero realçar que as pessoas que se recusam a reconhecer e que censuram o primeiro passo não podem nem mesmo alcançar o segundo. Não podem progredir de forma alguma. É imperativo dar o primeiro passo com consciência, compreensão e atenção. Mas esteja avisado: sexo não é um fim em si próprio, sexo é o começo e, para progredir, são necessários muitos passos.

O maior atraso para a humanidade inteira tem sido a sua relutância em dar até mesmo o primeiro passo. E ela aspira chegar ao último! Um homem despreza o primeiro degrau e ainda assim tem ambições de alcançar o último degrau da escada; não tem nenhuma experiência da luz de uma vela e ainda assim quer reivindicar o esplendor do sol, temos que aprender a compreender a tênue luz de uma vela, que vive por um tempo e é imediatamente apagada por uma suave brisa. Para despertar a ansiedade, o desejo, a inquietação pelo último passo – o desejo para alcançar o sol – o primeiro deve ser dado corretamente. Continuar lendo “Do Sexo ao Samadhi”

Como a “liberdade sexual” me levou ao abuso.

GKLIMT-Masturbation“Nenhum homem nunca me estuprou, mas eu me deixei ser abusada por todos. Porque fingi orgasmos, porque transei sem vontade.”

Eu sou uma mulher livre, sexualmente liberada, toda bem resolvida, sem vergonhas, sempre disposta a criar e inovar no sexo, uma transona. Ou melhor, isso é o que eu achava que eu era.

Afinal, eu adorava transar, ser sexy, fazer mil coisas na cama, sair com vários caras, vê-los pirando por mim, ficando loucos, ser a gostosona que leva os homens à loucura. Pobre de mim, que gastei anos da minha vida achando que isso é liberdade. Na verdade, é o contrário de ser livre.  Basta ler com atenção para entender o porquê. Continuar lendo “Como a “liberdade sexual” me levou ao abuso.”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑